você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens Programação Shell Linux: Inscrições Abertas

Windows XP

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 08 de Outubro de 2001

Incluo aqui um texto que saiu na revista InfoExame, de setembro de 2001, página 55, relativo ao Windows XP:

Por que a Microsoft está aborrecendo usuários do Windows XP com a ativação?
 
A ativação é um recurso criado pela empresa para combater a pirataria
de programas. Já utilizada no Office 2000 e XP, ela associa a cópia
instalada do produto a uma configuração específica de hardware. No
caso do Windows, o sistema compõe um código com base na chave do CD
(seqüência de 25 caracteres que identifica a cópia do produto) e em
dez componentes da máquina, como processador, placa de vídeo, disco
rígido etc. A ativação consiste em enviar esse código à Microsoft pela
internet ou por telefone, o que libera o programa para uso. O usuário
tem um prazo (catorze dias nas versões beta e trinta dias, na versão
final) para executar a ativação. Esgotado esse período, o sistema deixa
de funcionar, tornando a ativação obrigatória. Como a ativação associa
a chave do CD ao hardware de um PC, se o usuário tentar instalar a mesma
cópia do Windows XP - quer dizer, a mesma chave de CD - em outra máquina,
não será possível ativá-la. O código calculado com base no hardware
da segunda máquina não vai bater com as informações já armazenadas nos
registros da Microsoft. Resultado: não será possível ativar o programa,
exceto com nova chave de CD - o que na prática significa a aquisição
de outra cópia.

O Linux não tem nada disso :-)



Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida