você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Vamos discutir (com seriedade) a TV Digital !

Colaboração: Jomar Silva

Data de Publicação: 16 de Outubro de 2009

Depois de publicar dois posts falando sobe a NET, recebi um comentário por e-mail de um leitor questionando os artigos, alegando que eles são 100% pessoais e ainda me propondo a discussão com seriedade do assunto... na verdade era tudo o que eu queria ouvir (ou ler).

Em respeito ao leitor, gostaria de propor aqui neste blog uma discussão séria sobre a TV Digital que temos hoje no Brasil, não aquela que nos venderam, nem aquela que esperamos um dia ter, mas aquela que hoje eu, você ou qualquer outro brasileiro pode ter em casa.

Muita gente vai se perguntar "O que esse maluco tem para falar sobre TV Digital" e esse maluco quer se justificar: Trabalhei em um dos primeiros laboratórios de TV Digital no Brasil (no final da década de 90... sim há 10 anos), e trabalhei ainda em parte da especificação do Ginga dentro do SBDTV.

Não vou aqui entrar no mérito da adoção pelo Brasil do sistema japonês de TV digital, pois acho esta uma discussão já ultrapassada (se querem saber minha preferência pessoal, sou fã até hoje do DVB, o padrão "europeu" derrotado por aqui). Também não pretendo comentar ou discutir os equipamentos fabricados por este ou aquele fabricante em qualquer uma das pontas do sistema.

O problema todo é que a TV Digital que nos venderam não foi entregue até hoje, e o que temos hoje no mercado é o rascunho dos serviços (e equipamentos) que deveríamos ter... aliás, eu adoraria ver estas perguntas respondidas por vocês e pelas autoridades (como nosso Ministro Hélio Costa), que tanto anunciaram a TV Digital no Brasil nos últimos anos.

Quem aí tem um decodificador de TV Digital (de TV Aberta) e consegue assistir 24 horas por dia de programação em HD em algum canal? Se tiver, qual canal e qual decodificador (marca e modelo)?

Alguém aí sabe se o seu decodificador de DTV possui o tal "módulo interativo"? Se tiver, sabe qual é a tecnologia utilizada nele?

Será que algum dos envolvidos com as especificações da TV Digital consegue explicar o motivo técnico pelo qual o SBDTV decidiu adotar duas plataformas tecnológicas para o tal "módulo interativo"? Quem tem dois padrões, não acaba tendo "padrão algum"?

Alguma operadora de TV (ou empresa de TV) consegue me dar um exemplo de interatividade na TV Digital que não seja "a compra de um produto que o telespectador viu na cena" ou "uma enquete sobre a opinião do telespectador sobre o programa"? (estes dois exemplos eu já conheci há 10 anos e não aguento mais ouvir falar deles... além disso, até hoje não vi nem isso implementado de verdade em nossa TV Digital... ah, desculpe ...esqueci que ainda não temos decodificadores interativos por aqui !)

Do ponto de vista de regulamentação, tenho ainda algumas dúvidas bem sérias sobre o assunto:

Não seria a ANATEL responsável por controlar a utilização do termo HD (High Definition) em relação às transmissões de TV no Brasil: Se não for, qualquer um pode dizer que sua transmissão (aberta ou fechada) é uma transmissão HD e o usuário que se vire: (para não usar outro verbo "mais ilustrativo").

Se as normas brasileiras de TV Digital englobam a interatividade, como é possível que ainda tenhamos empresas vendendo decodificadores (embutidos ou não dentro de televisores LCD ou plasma) sem qualquer funcionalidade de interatividade: Existe alguma legislação que obrigue os fabricantes a informar isso aos consumidores, ou novamente os consumidores que se virem? (me lembrei daquele outro verbo novamente...)

Quando é que as "autoridades" (sejam elas quais forem, pois realmente não consigo definir quem é realmente responsável por este caos que temos hoje), vão explicar para o "usuário padrão", tipo a minha mãe, como são as regras de DRM utilizadas na especificação da TV Digital brasileira: (eu até tentei, mas minha mãe não consegue entender que ela não poderá gravar a novela usando a TV Digital)... aliás, alguém aí poderia explicar o que é o DRM para a população em geral (claro que eu posso e até gostaria de fazer isso aqui, mas antes de ser acusado de "tendencioso", gostaria de ter alguma explicação oficial sobre isso).

Ainda tenho mais algumas dezenas (ou talvez centenas) de perguntas para fazer sobre a TV Digital, mas sem que estas sejam claramente respondidas, acho que não dá para avançar muito ainda com este debate em nosso país...

Agradeço ao leitor que me escreveu, e espero que ele seja o primeiro a responder as perguntas que deixei aqui... todo debate se inicia assim... bem vindo ao clube :)

Jomar Silva é engenheiro eletrônico, pós-graduado em gestão de projetos e desenvolvimento de sistemas e Diretor Geral da ODF Alliance Chapter Brasil. Atua no mercado de TI desde 1996, com ênfase no desenvolvimento de software em projetos de Pesquisa e Desenvolvimento para empresas do setor de Telecomunicações e Tecnologia da Informação. Atua ainda como "advisor" em padrões abertos junto a indústria de software. É coordenador do Grupo de Trabalho na ABNT que tratou da adoção do ODF como norma brasileira e membro do OASIS ODF TC (comitê internacional que desenvolve o padrão ODF).


 

 

Veja a relação completa dos artigos de Jomar Silva

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script