você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Tecnologia SCSI é opção inteligente para pequenas empresas em expansão

Colaboração: Gary Wong

Data de Publicação: 25 de Abril de 1998

As pequenas empresas estão utilizando cada vez mais os sistemas de computação para ter acesso rápido e preciso aos dados corporativos, tornando-se mais competitivas. Essas ferramentas tornam mais ágil o tempo de resposta ao cliente, um fator essencial para garantir que um negócio seja fechado. Outra vantagem é que compartilhando dados entre diferentes departamentos as companhias de menor porte podem não apenas reduzir o volume de papel como também melhorar a qualidade de seus serviços.

A habilidade de maximizar os investimentos em sistemas de computação é vital para o sucesso das pequenas empresas. A solução ideal é aquela que atende às necessidades de hoje sem comprometer a expansão futura. Isso nos remete a uma tecnologia desenvolvida no início dos anos 80 e que hoje incorpora muitos dos recursos utilizados pelos sistemas operacionais multitarefa: o SCSI. Periféricos inteligentes, I/O assíncrono multitarefa, alta largura de banda e escalabilidade são algumas das características que tornam o SCSI a interface ideal para os discos dos servidores.

Os servidores de pequeno porte geralmente incorporam um único dispositivo de armazenamento. Entretanto, conforme as aplicações comerciais são automatizadas, aumenta a necessidade por mais espaço no servidor. A tecnologia SCSI permite que periféricos adicionais sejam facilmente ligados ao servidor, tornando a expansão uma tarefa mais simples. Comparado à tecnologia EIDE, o SCSI pode suportar até sete vezes mais dispositivos por canal. Diversos periféricos internos e externos podem ser conectados a um único adaptador SCSI, sem requerer recursos adicionais do sistema (slots de expansão, interruptores e espaço em disco).

A tecnologia SCSI possibilita ainda ao servidor manter uma performance muito maior em comparação aos sistemas baseados em EIDE. Isso acontece porque os periféricos inteligentes permitem ao subsistema de armazenamento desempenhar múltiplas tarefas ao mesmo tempo - a chamada multitarefa. Os recursos de computação distribuída da tecnologia SCSI também contribuem para aumentar a vida útil do hardware, uma vez que passamos a não depender mais de um único componente. Por essas razões, os sistemas implementados com SCSI estão melhor preparados para as necessidades de expansão e aumento de performance nas empresas.

Conforme mais informações críticas da empresa são armazenadas digitalmente, surge a demanda por recursos de tolerância a falhas para proteger os dados. A performance, flexibilidade e recursos do SCSI permitem implementar tecnologias tolerantes a falha. Para os subsistemas de discos, o SCSI oferece redundância com RAID níveis 1 e 5. Quando se usa tecnologia de arrays RAID, a confiabilidade do sistema aumenta, protegendo-se os dados de quaisquer falhas nos drives. Outra opção para proteção e escalabilidade é o sistema de clustering com SCSI e RAID, que permite atender à demanda atual sem sacrificar a expansão futura.

Podemos mostrar a superioridade da tecnologia SCSI através do programa de benchmark da ZiffDavis, o NetBench, que simula a performance de diversas redes de clientes desempenhando tarefas de rotina nas empresas. O programa mede desde a CPU e subsistemas de disco até os componentes da rede ou seja, como cada componente se comporta e como eles trabalham juntos para determinar o nível de performance do servidor. Quanto mais rápido um servidor processar os dados, mais tarefas o usuário poderá realizar em um determinado período de tempo.

O NetBench apresenta a performance em bytes por segundo, ou seja, os maiores resultados representam maior performance e habilidade de suportar mais usuários. Ao aumentar o número de computadores no teste, podemos traçar um gráfico mostrando como o servidor responde quando usa a tecnologia SCSI e EIDE. O benchmark mostrou (ver gráfico abaixo) que a tecnologia SCSI supera a EIDE devido à maior largura de banda e possibilidade de multitarefa. The SCSI server system tested transfered data up to 2.5 times faster than the comparable EIDE system. Além disso, o SCSI é capaz de manter alta performance mesmo quando o fluxo de trabalho aumenta. Isso significa que o servidor SCSI pode sustentar usuários adicionais com o mesmo nível de performance. Já o servidor baseado em EIDE não conseguiu manter a performance conforme aumentou-se o número de clientes, gerando um tempo de resposta maior.

Nas pequenas empresas, o computador tem um papel essencial para uma operação de sucesso. Ao investir em alta performance, escalabilidade e sistemas flexíveis, os administradores de sistema podem reduzir os custos, atender melhor aos clientes e se preparar para o futuro. A tecnologia SCSI oferece um único ponte de conexão para múltiplos periféricos, alta largura de banda, flexibilidade para crescer conforme a demanda de negócios e proteção de dados sem configurações tolerantes a falha. O SCSI é uma tecnologia chave que pode ser utilizada para maximizar os investimentos em sistemas de informática.

Gary Wong é engenheiro do grupo de soluções SCSI da



Veja a relação completa dos artigos de Gary Wong

 

 

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script