você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Sendmail - Modo de Operação "queueonly"

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 11 de Maio de 1999

Se por alguma razão você desejar fazer um pré-processamento das mensagens enviadas para o seu sistema (mail bombs, spamming, etc), você pode colocar o sendmail para funcionar no modo "queueonly".

Neste modo de funcionamento, as mensagens recebidas por seu sistema não são entregues imediatamente a seus usuários mas ficam armazenadas na fila do sistema (geralmente /var/spool/mqueue).

Para especificar que o sendmail funcione deste modo, você pode alterar o arquivo /etc/sendmail.cf e na opção

  O DeliveryMode=background

mude para

  O DeliveryMode=queueonly

Você precisa também alterar a forma como o sendmail é invocado em seu sistema. Geralmente o sendmail é inicializado com as seguintes opções:

  /usr/sbin/sendmail -bd -q1h

O comando acima especifica que o sendmail deve rodar como um daemon (-bd) aceitando conexões e que a fila deve ser processada de hora em hora (-q1h). Para evitar que a fila seja processada devo iniciar o sendmail da seguinte forma:

  /usr/sbin/sendmail -bd 

Desta forma, o sendmail continuará aceitando conexões e as mensagens mas elas não serão entregues.

A entrega efetiva das mensagens será feita invocando-se o sendmail de tempos em tempos, conforme a conveniência do administrador.

Continuando em nosso exemplo, eu rodo um shell script ou algum programa para fazer o pré-processamento. As mensagens que passarem pelo critério de seleção são então movidas para um outro diretório, como por exemplo, /var/spool/MQUEUE. Todas as mensagens neste diretório podem ser entregues sem problemas. Ao final do script o programa sendmail é invocado com as seguintes opções:

  /usr/sbin/sendmail -oQ/var/spool/MQUEUE -q

Desta forma, através da opção -oQ, o sendmail irá processar as mensagens que se encontram em /var/spool/MQUEUE e não no diretório default. A opção -q sinaliza ao sendmail para processar a fila.

É claro que existem outras maneiras de se fazer isto. Mas esta também funciona :)



Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida

 

 

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script