você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Resfriamento de CPU's

Colaboração: Tarcizio Rodrigues Pinto

Data de Publicação: 07 de Janeiro de 2002

Existe um poderoso recurso para os usuários de Athlon e Duron que muitos desconhecem, poucos já ouviram falar e somente alguns fazem o uso efetivo do mesmo. Ele se chama Halt Disconnect e é capaz de fazer a temperatura das CPU 's cair de 10 a 15 °C quando utilizamos aplicativos leves ou programas residentes em memória.

Quem comprou placa-mãe nestes últimos anos foi surpreendido pela presença de programas de monitoramento de temperatura da placa de sistema, da CPU e, em alguns casos, até do gabinete, bem como o monitoramento da rotação do ventilador da CPU e da fonte de alimentação. Estes mesmos programas conseguem monitorar tensões do Vcore, do barramento externo e interno da CPU, em certas placas conseguem fazer o desligamento emergencial do sistema quando alguma voltagem sai do limite de segurança estabelecido ou então quando a temperatura se eleva muito. O recurso do Halt Disconnect permite a desconexão entre a CPU e o barramento frontal, fazendo com que esta entre em um estado de economia de energia com máxima prontidão, ou seja, sem tempo de latência perceptível para sair desse estado.

Os processadores Athlon e Duron são compatíveis com vários estados de consumo de energia definidos pela ACPI - Advanced Configuration and Power Interface. Os nomes de estados da CPU começam com um "C" e os nomes dos estados dos sistemas com um "S", como S0, S1 e S2. Existem também nomes para dispositivos que começam com a letra "D". Quando entramos na BIOS destas placas mais modernas encontramos muitas vezes algo como Halt Disconnect Enable ou opções semelhantes. Dessa forma é possível fazer a implementação do recurso sem o uso de softwares de terceiros certo? Errado.

O programador alemão Martin Peters tem provas contrárias em relação a isto. Alguns fabricantes têm motivos para manter este recurso desligado justificando que o sistema pode ficar instável. Este mesmo programador desenvolveu um software chamado Vcool que está fazendo o maior sucesso entre empresas de pequeno e médio porte principalmente pelo advento da banda larga e da possibilidade de se deixar o micro 24hs por dia ligado e conectado. Algumas "grandalhonas" já estão de olho no alemão para implementarem recursos de otimização de uso de CPU's em clusters bem tradicionais. O Vcool faz, por meio de software, com que os estados de latência da CPU e de desconexão com o barramento se tornem possíveis. Ele possui diversos controles e opções para, desligamento caso a temperatura fique muito alta, latência parcial, caso se atinja X °C, e latência completa sem desligar a máquina, caso a temperatura esteja um pouco acima de X °C.

Minha experiência pessoal diz que o Vcool é muito bom. Antes de fazer sua instalação, com o software que veio com o CD-ROM de minha placa-mãe MSI 6378L (http://www.msicomputer.com/product/detail_spec/KLE133.htm) e CPU Athlon 900 Mhz (http://www.amd.com), as temperaturas de placa-mãe e CPU respectivamente não baixavam de 40 °C e 60 °C. Depois que instalei o Vcool tenho a felicidade de ver minha CPU trabalhando a 35/40 °C e minha placa-mãe entre 25 e 31 °C. Quando me afasto do computador e volto encontro as temperaturas nos estados iniciais, como se recém tivesse ligado o micro. Para saber mais detalhes técnicos sobre este recurso, por favor entre em contato comigo em <ufsm (a) ieg com br>. O link para o Vcool é http://www.naggelgames.de/vcool/VCool.html.



 

 

Veja a relação completa dos artigos de Tarcizio Rodrigues Pinto

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script