você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Rename

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 23 de Janeiro de 2004

Sistemas GNU/Linux possuem um comando muito útil, o rename.

Com este comando é possível alterar facilmente a extensão de diversos arquivos:

  rename .htm .html *.htm

O comando acima irá substituir todos os arquivos terminados em .htm por .html.

Mas não é só isto:

  % ls
  jose.txt joseovaldo.txt josenir.txt
  % rename jose joao jose.???
  % ls
  joao.txt  josenir.txt  joseovaldo.txt
  % rename jose ricardo *ovaldo.txt
  % ls
  joao.txt  josenir.txt  ricardoovaldo.txt

Muito interessante. Agora é só usar a criatividade :-)


Boot Instantâneo com GNU/Linux

Fonte: Revista Pesquisa Fapesp.

Desde o início de sua popularização - e já se vão duas décadas -, o computador pessoal evoluiu enormemente. Ganhou mais memória, velocidade e capacidade de processamento, ligou-se em rede pela Internet e passou a ser vendido em supermercados. Mas em pelo menos um ponto continua praticamente da mesma forma que na década de 80: na hora de ser ligado.

Por que o PC demora tanto para ligar? Por que não pode estar pronto para funcionar com a mesma velocidade da TV, do rádio ou de qualquer outro produto eletrônico? São dúvidas que atormentam os usuários desde o advento da microinformática. Se depender da InterVideo, dos Estados Unidos, a ladainha pode ter chegado ao fim e ninguém mais vai precisar esperar longos segundos ¿ ou minutos, dependendo do que estiver instalado, olhando nuvens na tela do micro. A empresa demonstrou na semana passada, durante o Consumer Electronics Show, em Las Vegas, o InstantON PC, que traz uma solução extremamente criativa. Como cada vez mais o computador é utilizado para funções de entretenimento, o sistema da InterVideo utiliza uma adaptação do sistema operacional Linux, batizada de LinDVD. Com o programa, a máquina se inicia muito mais rapidamente, ficando pronta para funcionar como TV, vídeo, DVD ou para ouvir música em CD, rádio ou MP3. Segundo a revista New Scientist, no lugar de ter seu funcionamento baseado em um disco rígido, o LinDVD é leve o suficiente para ser contido em um chip de memória, que é ligado em menos de dez segundos. "Para funções de entretenimento, o InstantON PC é totalmente Linux.

Ele usa o Windows para as operações que exigem mais tempo para a máquina processar as informações, como em um processador de textos", disse Andy Marken, da InterVideo.

A empresa norte-americana é mais conhecida por ser a criadora do popular WinDVD, software que permite rodar DVDs em micros com Windows. A tecnologia InstantON foi desenvolvida em parceria com a IBM e a Sony. Para rodar o sistema, a máquina deve ter no mínimo um chip Pentium 4 com 128 Mb de RAM. A InterVideo está desenvolvendo com a Sharp a adaptação da tecnologia para notebooks.



 

 

Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script