você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens Programação Shell Linux: Inscrições Abertas

Recuperando o index da mailbox do Zimbra

Colaboração: Altemir Braz Dantas Junior

Data de Publicação: 04 de março de 2011

Esses dias deu uma pane em um servidor Zimbra. Os usuários reclamavam que não conseguiam mais fazer a busca dos emails atravéz do Webmail do Zimbra.

Analizando os logs percebi que os índices das mailboxes estavam corrompidos.

Como admin do Zimbra, cliquei na conta desejada e cliquei em reindexar mailbox. Para minha decepção nada aconteceu, entao fui tentar fazer na linha de comando.

# su - zimbra
$ zmprov rim conta@email.com.br start

Nada de novo :( , pensei vou deletar os indexes e rodar o comando de novo.

$ rm /opt/zimbra/index/0/$(zmprov gmi conta@email.com.br | grep mailboxId | awk '{ print $2 }')/index/* -Rf
$ zmprov rim conta@email.com.br start

Nada de novo :( , resolvi reiniciar o zimbra

zmcontrol stop
zmcontrol start
$ zmprov rim conta@email.com.br start

Funcionou :) , ele reindexou

Depois de vários testes percebi que ele só conseguia reindexar se eu deletasse o indexes e depois reiniciasse o zimbra. Nao sei até hoje o motivo (rsrsrs).

Agora eu teria que fazer isso em massa, para isso criei um script.

#!/bin/bash

#nome do servidor zimbra
SERVIDOR="nomedoservidorzimbra.dominio.com.br"

# zmprov gaa -s $SERVIDOR => lista todos os email cadastrados
for EMAIL in $(zmprov gaa -s $SERVIDOR)
do
   echo $EMAIL

   # coloca a conta do email em manutencao assim nao deixando o usuario logar
   zmprov ma $EMAIL zimbraAccountStatus maintenance

   # deleta os indexes da conta
   rm /opt/zimbra/index/0/$(zmprov gmi $EMAIL | grep mailboxId | awk '{ print $2 }')/index/* -Rf

done

# REINICIA o ZIMBRA
zmcontrol stop
zmcontrol start

# pega todos os email novamente
for EMAIL in $(zmprov gaa -s $SERVIDOR)
do
   # indexa a maibox
   zmprov rim $EMAIL start

   # reativa a conta
   zmprov ma $EMAIL zimbraAccountStatus active
done

Manipulando reserva de blocos em sistemas ext3 e ext4

Colaboração: Franklin Moretti

Alguém já reparou que sistemas de arquivos ext3 e ext4 com 100% de uso nunca igualavam-se ao tamanho total da unidade ? Explico:

Um sistema de arquivos em um device de 249Gb atingirá 100% de uso aos seus 236Gb. Isso se dá pelo simples motivo que por default, um sistema de arquivos criado via mkfs.ext3 ou mkfs.ext4 possui uma reserva de 5% de seus blocos para o superusuário (vulgo root, :) ). Isso pode não ser impactante em sistemas de arquivos pequenos, tais como /var, /usr, /tmp, etc, mas vai com certeza se tornar um inconveniente em um sistema de arquivos de 750Gb usado separadamente do S.O (isso nos custaria 37.5Gb).

Veja como podemos manipular esta reserva...



Veja a relação completa dos artigos de Altemir Braz Dantas Junior