você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Recuperando arquivos em partições ReiserFS

Colaboração: André Luiz Fré

Data de Publicação: 17 de Setembro de 2006

Recentemente onde trabalho foi necessário recuperar os arquivos de uma partição ReiserFS formatada acidentalmente. Pesquisando na internet, descobri uma dica[1] que ensina a fazer a recuperação de arquivos apagados e também de partições formatadas.

Aqui vai um passo-a-passo simples para exemplificar todo o processo.

Suponha que se deseja recuperar arquivos da partição /dev/hda2, e que exista uma partição /dev/hda1 para escrita.

Os procedimentos são:

  • efetuar boot através de um Live CD

  • montar uma partição para gravação (não deve ser a partição que se deseja recuperar!!):

      # mkdir /mnt/logs
      # mount /dev/hda1 /mnt/logs
    
  • gerar lista de badblocks presentes na partição que se deseja recuperar:

      # badblocks -o /mnt/logs/badblocks.log /dev/hda2
    

  • executar o utilitário reiserfsck na partição a ser recuperada:
      # reiserfsck --rebuild-tree -S \
        -l /mnt/logs/reiserfsck.log  \
        -B /mnt/logs/badblocks.log /dev/hda2
      
    
    Os arquivos recuperados serão colocados no diretório lost+found na raiz da partição /dev/hda2.

Observações:

O reiserfsck pode abortar a execução caso encontre badblocks que não estão listados no arquivo badblocks.log. Neste caso, é necessário adicioná-los manualmente ao arquivo (a mensagem do reiserfsck indica quais são os blocos defeituosos).

Também não é garantido que o utilitário mantenha os nomes originais dos arquivos, podendo nomeá-los segundo o número do bloco onde estavam. Se você não conseguir encontrar aquele documento pelo nome, mas ainda sim lembrar-se de algum texto do conteúdo, pode usar o utilitário grep [2] para realizar a busca dentro dos arquivos recuperados.

Referências:


KDE 4 disponível para Kubuntu

Fonte: Notícias Linux

Esta nota de imprensa informa a disponibilidade do KDE 4 para o Kubuntu. É uma versão para os desenvolvedores de aplicações, que poderão ir testando/compilando seus programas sob a nova versão. Parece que se pode conviver com KDE 3 e que incialmente não tem nenhuma mudança visual".

Confira: http://kubuntu.org/announcements/kde4-3.80.1.php Fonte: http://barrapunto.com/articles/06/09/11/239243.shtml

Comente: http://www.noticiaslinux.com.br/nl1158114408.html#comentarios



Veja a relação completa dos artigos de André Luiz Fré

 

 

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script