você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Razor-qt, um ambiente de trabalho leve

Colaboração: Bruno Buys

Data de Publicação: 18 de abril de 2012

Por sugestão do Filipe Saraiva (@filipesaraiva) estou testando o Razor-qt, um ambiente de trabalho leve, que exige poucos recursos do meu netbookzinho. Estava difícil de trabalhar com o KDE pleno, ou com o Gnome, embora eu continue usando programas qt e gtk, como o konqueror e o gimp. A mudança para o razor, por si só já rendeu uma melhoria no desempenho.

O razor, como diz o nome, usa a qt, a mesma biblioteca do mamute KDE. É uma opção interessante se você precisar - como eu precisei - reduzir o consumo de recursos do seu computador, mas ainda assim, quiser se manter próximo ao KDE.

Para o Debian wheezy (a versão ainda em teste) não existem pacotes prontos. Segui a dica desse blog e instalei os pacotes para Ubuntu Lucid, que instalam sem erros, e, até onde eu pude testar, também não erram durante a execução (não incluídos aqui eventuais bugs e funcionalidades ainda não implementadas, lembrando que é um software ainda em começo de vida). Note que o post do blog menciona debian squeeze. Eu instalei no wheezy, sem problemas. O endereço para pegar os pacotes para i386 é:

https://launchpad.net/~razor-qt/+archive/ppa/+build/3021516

(você vai baixar algo como 6 ou 7MB de pacotes :) )

Depois de baixá-los, instale com

  dpkg -i *.deb

O razor é leve, rápido e tem um visual simplão, limpo, lembrando um pouco o espírito do kde série 3.x. Via utilitários gráficos de config, ele permite definir o compiz como gerenciador de janelas padrão. Então se você gosta/usa o compiz, pode contar com ele. Pelas configs do compiz também dá para definir atalhos de teclado, então não esquentei a cabeça ao não encontrar opção para isso no próprio razor. Isso se resolve com o tempo.

Uma das coisas que não funcionou aqui na minha instalação foi modificar a imagem de fundo da área de trabalho. Segui a recomendação do protocolo "MAP" ("Menor Aborrecimento Possível") e resolvi assim:

  • Descobri qual a imagem que ele usa por padrão

      dpkg -L razor-data | grep \.png
    

    me retornou
      /usr/share/razor/themes/green/razor-runner/close-32x32.png
      /usr/share/razor/themes/green/razor-runner/close-48x48.png
      /usr/share/razor/themes/green/just_green_curls.png
      /usr/share/razor/themes/green/just_green_curls_reverse.png
      /usr/share/razor/themes/green/mainmenu.png
      /usr/share/razor/themes/a-mego/drive-removable-media.png
      /usr/share/razor/themes/a-mego/razor-runner/close-32x32.png
      /usr/share/razor/themes/a-mego/razor-runner/close-48x48.png
      /usr/share/razor/themes/a-mego/wow5.png
      /usr/share/razor/themes/a-mego/mainmenu-grey.png
      /usr/share/razor/themes/light/razor-runner/close-32x32.png
      /usr/share/razor/themes/light/razor-runner/close-48x48.png
      /usr/share/razor/themes/light/simple_blue_widescreen.png
      /usr/share/razor/themes/light/mainmenu.png
      /usr/share/razor/graphics/rqt.png
      /usr/share/razor/graphics/razor_logo_doxygen.png
      /usr/share/razor/graphics/razor_logo.png
    
    Veja só, tem lá o arquivo

      /usr/share/razor/themes/light/simple_blue_widescreen.png
    

    Tem cara de ser ele, não?

  • Abri o arquivo

      display /usr/share/razor/themes/light/simple_blue_widescreen.png
    

    (o "display" é parte do pacote imagemagick)

    E, sim, é ele.

  • Como root, fiz, primeiro, um backup do arquivo:

      mv /usr/share/razor/themes/light/simple_blue_widescreen.png /usr/share/razor/themes/light/simple_blue_widescreen.png.bak
    

  • Com meu usuário comum, criei a imagem png de fundo que eu queria, a partir de um original jpg:

      convert /home/bruno/bin/fundo.jpg /home/bruno/bin/fundo-razor.png
    

    (o convert também é do imagrmagick)

  • Como root, vinculei o arquivo padrão do razor a um arquivo em meu diretório ~/bin pessoal do meu usuário comum:

      ln -s /home/bruno/bin/fundo-razor.png /usr/share/razor/themes/light/simple_blue_widescreen.png
    

Pronto. Agora quando eu quiser mudar a imagem de fundo, é só salvar a nova imagem como /home/bruno/bin/fundo-razor.png e dar um logoff/logon, que o razor carrega a imagem nova.

E é isso. Feliz hacking!



 

 

Veja a relação completa dos artigos de Bruno Buys

Opinião dos Leitores

Karkaju
18 Abr 2012, 13:29
Caro Bruno,
O Razor-qt me permite configurar uma quantidade máxima de desktops virtuais (ou ele só tem um desktop) ?
Existe algum que me permita configurar isso ?
(peço desculpas se a pergunta for off-topic)
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script