Acesso direto ao conteúdo
Logotipo Dicas-L, por Ricardo Burile
Visite também: Ipok ·  Segurança Linux ·  UnderLinux ·  VivaOLinux ·  LinuxSecurity ·  NoticiasLinux ·  BR-Linux ·  SoftwareLivre.org ·  [mais]   
 

você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

 

Assine a Lista Dicas-L

Receba diariamente por email as dicas
de informática publicadas neste site
Para se descadastrar, clique aqui.

Quantum GIS

Colaboração: Fernando M. Roxo da Motta

Data de Publicação: 21 de março de 2012

É.... Realmente estou em dívida com o amigo Rubens.

No aniversário de 15 anos da lista Dicas-L, na qual estou inscrito pelo menos desde 8 de Outubro de 1999, data em que foi publicada uma dica minha (Reaproveitamento de Máquinas Antigas)

Mas é claro que "ouvi" a lista um bom tempo antes disto, mas este é o "documento" da minha participação.

O Rubens me escreveu:

será que eu podia ganhar uma dica sua para o site, como presente dos 15 anos?

Claro que pode! Mas como fazer isto se o meu atual empregador tem a mania besta de achar que eu tenho que trabalhar?! Realmente uma reviravolta na minha vida...

E existe um outro problema, o mais óbvio de todos: sobre o que?

Hmmmm.... Eu sou geofísico (tá, ninguém é perfeito) e fui mandado para um lugar perdido de meu Deus para fazer um scout. Hã? Não sabe o que é isto? Bem, é visitar estes lugares perdidos e conhecer umas áreas pequenas de umas poucas dezenas de quilômetros por outros tantos quilômetros. A ideia é saber o que se pode, ou não, fazer por lá. Se tem alguém morando, se tem mata, se tem pasto, cidade ou o que que quer que seja. Estou em uma delas agora. Não pergunte como estou conectado.

Sim, mas o que isto tem com a Dicas-L?

Sei lá, eu tenho que inventar um trem qualquer que possa ter alguma utilidade para a lista. O que "devo de fazer"?...

Ah! Acho que já sei!

A área a ser reconhecida é definida por uma série de coordenadas. Eu posso obter alguma informação a priori sobre o que tem nesta área através de sítios como o da ANA, IBGE, BDEP/ANP e mais um mundo de lugares. (Google é seu amigo) Estas informações geralmente vêm em um formato próprio para ser usado e processado em um GIS. Você sabe o que é isto? Não? Nem eu... Mais ou menos. Vá lá na Wikipedia e veja. É um negócio tão bom que deve ser pecado.:P

Mas um GIS comercial cu$$$$ta uma boa $$$$ifra. Será que existe uma solução de Software Livre para isto? Sim, existem e muitas! Alguns podem ser achados em na Wikipedia.

Eu escolhi usar o Quantum GIS. Ele tem me atendido em todas as minhas necessidades profissionais. Além disto há toda uma infraestrutura para o desenvolvimento de plugins que acrescentam uma grande lista de funcionalidades essenciais ao software.

Utilizando o QGis, juntamente com as informações obtidas nos sites anteriores, eu consigo criar um mapa da região onde eu vou fazer o reconhecimento (o tal do //scout/) com todas as informações disponíveis que possam me ser úteis.

Mas, e as tais coordenadas da área a ser reconhecida? Bem com um script simples e usando ferramentas do "shapelib" e do GDAL eu crio os arquivos no formato conveniente para abrir no GIS. Ou uso simplesmente aquivos CSV. Com isto eu relaciono esta informação com as daqueles sites, e fazer meu plano de reconhecimento.

É claro que vou encontrar na área algumas coisas não retratadas pelas informações acima. Por exemplo, uma informação importante para mim são as estradas e acessos existentes. Como colocar no GIS estas informações.

Entra em campo um novo jogador, o GPS (http://pt.wikipedia.org/wiki/Gps). Este cara tem para vários preços, tamanhos, capacidades e resoluções. Lógico, quanto mais você quiser, mai$$ vai ter que de$embol$ar.

Só que eu não estou disposto a comprar um GPS dedicado que vai ficar guardado a maior parte do tempo pegando poeira ou sendo exibido em um carro para me mostrar o caminho que percorro todo o dia para o trabalho.

Hmmm... Eu descobri um tablet Xing-Ling legítimo que, dentre outras coisas tem um GPS disponível!!! E não é muito caro. Com ele eu posso navegar na Internet usando (por exemplo) um rede Wi-Fi. Posso ler documentos em PDF, Doc e formatos e-book, alguns joguinhos e outras bobagens que podem ser obtidas no Google Play (ex-Google Market ou similar) porque o dispositivo corre um Android 2.3! Ou seja, é algo útil e ainda de quebra tem um GPS.

Muitos destes tablets vêm com um software de GPS com tapa olho e uma caveira com ossos cruzados, não sei o que significa isto. ;) Executando um Factory Restore você apaga todos estes "extras" e termina com um dispositivo sem recursos. Basta acessar o Google Play e instalar os softwares desejáveis. Você vai ter dois problemas:

  1. Quais escolher dentro da multitude de opções. Quer gratuitas, quer paga$.
  2. O pouco espaço no dispositivo para instalar tudo o que você vai querer.

Tá, o que isto tem com o blablablório acima?

Eu quero um software de GPS que eu possa atualizar os mapas quando eu quiser. Mas todos não permitem isto, mesmo que tenha que pagar?

Sim, mas você não entendeu. Eu vou fazer um reconhecimento e acho umas estradas, por exemplo, o que é importante para mim. Eu quero que estas estradas existam no GPS quando eu for realizar o trabalho. Por isto eu quero atualizar, no sentido de inserir, as minhas descobertas no mapa. Entendeu agora? Além disto eu quero ser capaz de inserir informações que me interessam, por exemplo os limites da minha área de trabalho, mas não no mapa, e sim como uma camada extra de informação.

Como fazer isto?

Hmmm... Se eu escolher como software de GPS o Navit eu terei a vantagem de usar mapas de várias origens, inclusive do OpenStreet map. Será que eu posso fazer algo com isto?

Eu estive no Mato Grosso por razões pessoais. O meu pai foi um dos pioneiros do Brasil Central e responsável por três assentamentos na região. Um deles foi o Vale dos Sonhos.

Este assentamento não existia no mapa do OpenStreet Map, e continua a não existir na quase totalidade dos mapas de GPS. Eu acrescentei este assentamento lá. Outro exemplo é a própria Xavantina (na época) hoje Nova Xavantina.

Em que acrescentei uma rua, a ponte sobre o Rio das Mortes e a praça do Pioneiro, onde fica o marco da fundação. Próximo a esta praça fica a casa onde moraram meus pais no final da década de 1940.

Qualquer alteração que se faça no mapa é publicado em até 48 horas, podendo ser baixado atualizado para GPS.

Para editar o mapa eu utilizo o software Josm desenvolvido pelo próprio projeto do OpenStreet Map.

Então fechei o circuito. Uso o QGis, shapelib e do GDAL para planejar o meu trabalho de campo. Carrego algumas informações no GPS que roda o Navit, baixo o mapa atualizado do OpenStreet Map para o GPS. Faço o meu reconhecimento. Baixo as trilhas do GPS no formato GPX e as utilizo para atualizar o mapa do OpenStreet Map, quando aplicável, e para atualizar o meu mapa no QGis.

Gero no QGis um mapa na escala desejada para os relatórios e para o planejamento das ativides que se seguem.

<ATENÇÃO!!!!!!> Embora eu tenha disponível todo este ferramental de Software Livre para suportar o meu trabalho, a execução do trabalho planejado desta forma exige uma resolução e precisão que NÃO PODE ser obtido com estes GPS! Para a execução do projeto são usados equipamentos MUITO $ofi$ticado$ para atender às especificações rígidas da indústria. </ATENÇÃO!!!!>

Em tempo, o meu telefone é um smartfone que roda Androide e tem um GPS. Adivinhem qual o software de GPS que utilizo nele?:D

Para não dizer que tudo são flores, o mapa do OpenStreet Map não é o que há de mais completo, embora já tenha atraído a atenção da própria Apple:

Welcome, Apple!

Por exemplo, nesta região da Barra da Tijuca no Rio.

A Av. Marechal Henrique Lott e a Rua Jorn. Ricardo Marinho foram acrescentadas por mim, mas outros já vieram, acrescentaram outras informações (o posto, o Barra Square) e possivelmente fizeram outras correções.

Ou seja, se você for usar e não tiver a informação lá, em lugar de simplesmente reclamar e continuar sem, perca 5 minutos, acrescente a informação e passe a usufruir dela. Muito mais confortável. Não tenha dúvida que muitos vão aperfeiçoar estas informações.

 

 

Veja a relação completa dos artigos de Fernando M. Roxo da Motta

Formato PDF
Newsfeed RSS
Formato para impressão
PDF RSS Imprimir

Referências Adicionais

Referências adicionais sobre os assuntos abordados neste site podem ser encontradas em nossa Bibliografia.

Avalie esta dica