você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Problemas com som no Firefox + Ubuntu

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 25 de Janeiro de 2007

Para resolver os problemas do som no Firefox, rodando em uma máquina com Ubuntu Edgy, instalado, eu segui uma receita bem simples contida no Fórum Ubuntu, que reproduzo a seguir:

Instalar o software alsa-oss:

  aptitude install alsa-oss

ou

  apt-get install alsa-oss

Após completada a instalação, edite o arquivo /etc/firefox/firefoxrc e onde estiver FIREFOX_DSP="none" altere para

  FIREFOX_DSP="aoss"

Só isso. Agora você poderá ouvir seus vídeos do YouTube tranquilamente :-)


'Maddog' visita Caixa Econômica Federal para conhecer solução de loterias usando Linux

Fonte: 4Linux

Projeto é o primeiro no mundo a integrar sistemas lotéricos e financeiros no mesmo terminal e, em janeiro, bateu o recorde em número de transações

No dia 1 de dezembro de 2006, Jon 'maddog' Hall, presidente da Linux International, esteve, pela primeira vez, na capital brasileira e foi recebido pela equipe de tecnologia da Caixa Econômica Federal para conhecer o projeto de TFLs (Terminais Financeiros Lotéricos), que usa Linux/Debian nos terminais instalados nas Casas Lotéricas, e que funcionam - além de terminais lotéricos - como Correspondentes Bancários, realizando mais de uma centena de serviços financeiros.

Maddog foi recepcionado por Clarice Coppetti, vice-presidente de Tecnologia da CAIXA, e assistiu palestras proferidas por Paulo Maia, gerente de Padrões e Planejamento da Área de Arquitetura Tecnológica, Jair Silva, consultor Linux, e André Siqueira, gerente operacional, que explicaram o que é a Caixa Econômica Federal e como está estruturado o projeto das TFLs na instituição.

No atual modelo, os terminais financeiros lotéricos instalados nas Casas Lotéricas - num total de aproximadamente 25.000 - usam como sistema operacional o Linux, com a distribuição Debian.

"O uso do Linux/Debian em um projeto de tão grande importância merece atenção e precisa ser divulgado em todo o mundo para que os opositores do Linux vejam que é possível usá-lo em ambientes de missão crítica, como no sistema financeiro", ressalta 'maddog', grande divulgador do Linux ao redor do mundo.

Prova disso é que o sistema iniciou o ano de 2007 com números recordes. "Em 10 de janeiro, realizamos 23,4 milhões de transações em 12 horas, o que dá uma média de 1.000 transações por segundo", comemora Clarice Coppetti, referindo-se à quantidade de apostas para concorrer a mais de R$ 52 milhões, volume do segundo maior prêmio já pago pela Mega Sena (uma das nove modalidades de jogos oferecidos pela CAIXA). O maior foi de R$ 64,9 milhões, em outubro 1999, pago a um apostador de Salvador/BA.

O novo sistema de loterias e correspondentes bancários desenvolvido e administrado pela CAIXA é o primeiro e, por enquanto, único no mundo a usar Linux nos terminais que integram tanto as apostas lotéricas como as transações bancárias.

No mês de outubro, em Cingapura, durante um encontro mundial com outros 70 governos que administram suas loterias, a CAIXA apresentou seu sistema de loterias. Na ocasião, representantes de diferentes países se mostraram interessados em visitar o Brasil para conhecer em detalhes o sistema usado na instituição brasileira, com Linux e padrões abertos. O fato de integrar transações lotéricas e financeiras foi o que chamou a atenção dos participantes.

"Esse interesse de outros países em nosso sistema é um exemplo de como o software livre pode gerar demanda para as empresas brasileiras que prestam serviço em software livre", explica a vice-presidente de Tecnologia da CAIXA.

Em setembro, a CAIXA realizou um pregão eletrônico para a contratação de uma empresa especializada em software livre para prestar suporte técnico por 24 meses aos atuais e aos novos projetos da CAIXA que usam Linux e Br-Office. A 4Linux, empresa paulista especializada em treinamentos e serviços baseados em softwares livres com foco em segurança, foi a vencedora desse pregão e, desde 11 de outubro, vem trabalhando juntamente com a CAIXA nos projetos de software livre.

"Nos sentimos muito orgulhosos de poder trabalhar com a Caixa Econômica Federal, que tem uma equipe técnica visionária e competente. Em conjunto com os técnicos da 4Linux, acredito que surgirão novos projetos grandiosos e de sucesso como o de loterias", comemora Rodolfo Gobbi, diretor-geral da 4Linux.

Sobre a 4Linux

A 4Linux (www.4linux.com.br) é uma empresa especializada em treinamentos e serviços baseados em softwares livres com foco em segurança e já treinou mais de doze mil alunos em Linux. Idealizadora do HackerTeen - formação profissional para adolescentes de 14 a 19 anos sobre redes e segurança da computação, empreendedorismo na Internet e ética hacker - que, com uma metodologia inovadora, foi avaliado como "primeiro e único no mundo" pela Harvard Business School. Realizou alguns dos mais conhecidos cases de software livre do Brasil, entre eles: Metrô de São Paulo, Casa da Moeda do Brasil, Ceagesp, e Projeto CDTC (Centro de Difusão de Tecnologia e Conhecimento) - uma parceria entre a IBM e o ITI - que envolveu, entre outras ações, a maior capacitação em Linux do Brasil: 785 educadores do Ministério da Educação (MEC) foram treinados em Linux pela 4Linux. A empresa tem grande foco nos assuntos relacionados à segurança de informações. Os treinamentos de segurança da 4Linux equiparam-se aos ministrados pela Foundstone Corporate, dos EUA, e pela Matta Security Limited, da Inglaterra. Polícias Civis de crimes digitais de alguns estados brasileiros formaram seus profissionais na 4Linux.



 

 

Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script