você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Premiação do Sistema Rau-Tu de Linguagens de Programação

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 25 de Maio de 2003

A editora Novatec ofereceu como prêmio, aos cinco colaboradores de maior destaque no sistema Rau-Tu de Perguntas e Respostas sobre Linguagens de Programação (http://www.rau-tu.unicamp.br/linguagens).

Os premiados foram:

  • Cesar F. Sturion - Robson Dantas - Denys Sene dos Santos
  • Paulo Henrique Fonseca - André Felipe Pirré Gouvêa

Os livros que os colaboradores escolheram foram os seguintes:


Perguntas e respostas

Alimentado pelo conhecimento da própria comunidade, o sistema Rau-Tu é uma valiosa fonte de ajuda sobre vários tópicos, inclusive o Linux

Uma lenda antiga, que circula no imaginário de todas as nações, diz respeito ao oráculo, aquele que tudo vê e tudo sabe.

Ao que parece, ninguém ainda encontrou esse tal oráculo, embora muitos tentem se passar por ele. Existe, porém, um software que atende pelo nome de Rau-Tu, desenvolvido por meio de uma parceria entre o Centro de Computação da Unicamp e o Instituto Vale do Futuro, que é um sério candidato ao posto.

O sistema Rau-Tu de perguntas e respostas, desenvolvido em PHP e utilizando o banco de dados PostgreSQL, está em funcionamento há cerca de um ano. Sua distribuição é livre e gratuita e regida pela licença GPL. Seu principal objetivo é criar comunidades ao redor de diversos assuntos, congregando especialistas e pessoas com perguntas a serem respondidas. Adicionalmente, o sistema foi desenvolvido para ser simples e fácil de usar. Ao invés de se criar um sistema monolítico congregando diversos assuntos diferentes, optou-se pela criação de estruturas menores que pudessem ser facilmente replicadas em locais diferentes, com recursos computacionais variando do mais simples ao mais sofisticado.

O Rau-Tu pode ser usado em qualquer situação onde existam perguntas e a necessidade de respostas. Intranets, sistemas de helpdesk, informações institucionais, sistemas computacionais e uma grande variedade de cenários. Problemas de comunicação são um problema presente na maioria das empresas e o Rau-Tu certamente pode colaborar para reduzir os atritos decorrentes da falta de comunicação. Enfim, a criatividade é o que conta.

O sistema Rau-Tu foi projetado para ser flexível. Toda a administração e tarefas do dia a dia são realizadas a partir de uma interface Web, dispensando qualquer tipo de conhecimento de seu funcionamento interno.

Fiel às suas raízes colaborativas, desde o lançamento recebeu um grande número de sugestões para seu aperfeiçoamento, grande parte das quais foram incorporadas, melhorando em muito sua facilidade de uso.

Existem hoje diversos sistemas Rau-Tu em funcionamento. O mais bem sucedido, sem sombra de dúvida, é o de Linux. São hoje cerca de 600 colaboradores de todo o país, e mais de 3000 perguntas já armazenadas no banco de dados. Além do Linux, diversos outros tópicos são abordados, como banco de dados, editoração eletrônica, FreeBSD, planilhas eletrônicas. No total tem-se conhecimento de onze sistemas, nove dos quais hospedados na Unicamp. O Centro de Computação da Unicamp também utiliza o sistema Rau-Tu como um tira dúvidas para seus sistemas corporativos, atendendo aos usuários internos.

Mas em que o sistema Rau-Tu difere dos meios convencionais existentes na Internet para resolução de dúvidas, como listas eletrônicas, newsgroups, FAQs e outros? O primeiro ponto é a objetividade. A maioria das listas eletrônicas, para evitar spam e outros inconvenientes, autoriza apenas seus membros a postarem perguntas. Ou seja, para perguntar, é necessário o cadastramento na lista. As listas mais populares geralmente possuem um alto tráfego de mensagens, o que nem todos têm condições de gerenciar. O sistema Rau-Tu não exige nada.

Qualquer um pode fazer suas perguntas ou consultar seu banco de dados. O segundo ponto principal é a qualidade. Todas as respostas que integram o banco de dados foram avaliadas. Se a sugestão proposta funcionou, a pergunta vai para o banco de dados. Caso contrário, volta ao sistema. Temos também a rapidez. A pontuação dada aos colaboradores leva em conta não apenas a qualidade, mas também a rapidez de resposta. Respostas postadas uma hora depois de serem submetidas ao sistema recebem uma pontuação adicional.

A maioria das dúvidas é respondida no mesmo dia. Finalmente, eliminamos muito do retrabalho comum em muitos lugares. Com o armazenamento das perguntas no banco de dados, forma-se um banco coletivo de conhecimento, que poderá ser usado de diversas formas diferentes. Elimina-se a necessidade de responder continuamente as mesmas perguntas. Um fato bastante conhecido de todos nós é que a maior parte das perguntas diz respeito a um pequeno número de respostas.

Mas como funciona o sistema? Resumidamente, o sistema trabalha tendo por base quatro figuras principais: o administrador, os responsáveis pelos tópicos, os colaboradores e os visitantes. Destes personagens, apenas o visitante não precisa se identificar para o sistema. O visitante pode fazer uso das facilidades do sistema Rau-Tu livremente, perguntando e consultando as perguntas armazenadas no banco de dados. Todos os demais possuem um grau de responsabilidade. O administrador é aquele que é responsável pela administração do sistema em geral, criando tópicos, nominando os responsáveis pelos tópicos e realizando outras tarefas administrativas. Os responsáveis pelos tópicos aceitam colaboradores e tomam decisões quanto a perguntas não respondidas ou não avaliadas. Os colaboradores são aqueles que respondem às perguntas.

O controle de qualidade é feito pelo visitante, que atribui uma nota às respostas que recebe, que pode variar do insatisfatório ao ótimo. Caso a resposta seja considerada insatisfatória, a pergunta retorna ao sistema e o responsável pelo tópico decide então o que fazer com ela. A pergunta pode ser reenviada aos colaboradores, pode ser removida do sistema ou pode ser respondida pelo responsável pelo tópico.

Historicamente, a comunidade usuária de software livre sempre foi conhecida por seu alto grau de comprometimento. Perguntas e problemas freqüentemente são resolvidos muito rapidamente, com a ajuda de especialistas que doam seu tempo e conhecimento aos novatos.

O sistema Rau-Tu é uma forma de arranjar estes recursos de forma organizada, propiciando à sua crescente base de usuários um porto seguro onde se amparar em caso de problemas. Este sistema precisa, mais do que nunca, de uma comunidade crescente, tanto de especialistas quanto de visitantes com suas perguntas. Para isto, a divulgação deste serviço e da disponibilidade livre e gratuita do software é fundamental para seu crescimento e consolidação.

A esta altura você certamente deve estar se perguntando: O que exatamente significa a palavra Rau-Tu? Bom, a palavra Rau-Tu deriva de um idioma indígena desaparecido e significa Como fazer.

Dúvidas sobre Linux? Perguntem ao Rau-Tu - www.rau-tu.unicamp.br/linux



Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida

 

 

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script