você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Pesquisando no Google sem escrever

Colaboração: Paulo Roberto Bagatini

Data de Publicação: 08 de março de 2013

Quando era piá (sim, eu sou do Sul :-p), meu irmão, minha mãe e eu montamos um quebra-cabeças de 3.000 peças.

Começamos apostando quem iria colocar a última peça. A diversão durou 6 meses, ele ficou um bom tempo encalhado; até eu descobrir que o corte de quebra-cabeças com grande número de peças é repetido em 4 quadrantes. Feito. Dias depois admirávamos a obra completa.

Mas não é o corte repetido em quadrantes, a dica (a menos, claro, que você ainda não saiba disso ;-)

Acontece que nunca descobrimos o nome da obra original, muito menos do artista que a pintou. A caixa do jogo não dizia nada, incrível! Mostrou-se uma informação praticamente impossível de se obter, na pré-história tecnológica em que cresci.

< gap de 20 anos>

2009: a Martha Gabriel publica um artigo na Dicas-L falando de um serviço revolucionário do Google, principalmente sendo gratuito: o Google Similar Images. Pronto. Meus problemas acabaram!

Hoje, o Similar Images tornou-se simplesmente Images, faz parte do leque padrão de serviços do Google e tem direito até a API.

A pesquisa no Google Images pode ser feita interativamente:

  1. copiando o endereço da imagem: http://goo.gl/t9Hmm
  2. acessando a página do Images: http://images.google.com
  3. clicando no ícone de máquina fotográfica presente no campo de pesquisa
  4. colando no campo de pesquisa o endereço da imagem
  5. pressionando [Enter]

ou não-interativamente:

  1. acessando direto a página que mostra o resultado, com a URL da imagem como parâmetro: http://google.com/searchbyimage?image_url=goo.gl/t9Hmm

No campo onde colocamos a URL da imagem a ser pesquisada é possível optar por fazer upload da imagem. Muito prático. Certamente deve haver um limite de tamanho para o arquivo da imagem nessa opção, nunca tentei esbarrar nele.

Além de encontrar informações sobre uma imagem que estamos vendo mas não sabemos descrever, podemos usar o recurso para encontrar versões maiores dessa imagem, imagens parecidas com ela, usar rascunhos desenhados à mão como ponto de partida, ou outra utilidade que nossa criatividade trouxer a tona (api, API!). Não me espantaria se os pais desse serviço não vislumbrassem todo o potencial do que criaram.

E, como não poderia deixar de ser, há extensões para o Firefox e para o Chrome que automatizam esse processo a partir de qualquer imagem mostrada no navegador. O próprio Google tem suas versões:

Então, se ainda não brincaram com esse serviço, experimentem. Pode mudar suas vidas!

Ah, e quem ganhou a aposta? Eu \o/ Escondi uma peça aleatória logo no início da brincadeira. Por sorte não a perdi, em todos os meses que precisei esperar para utilizá-la :-p



 

 

Veja a relação completa dos artigos de Paulo Roberto Bagatini

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script