você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Outro aquário para seu GNU/Linux

Colaboração: Jansen Sena

Data de Publicação: 03 de Abril de 2009

Dessa vez, a dica não é para o terminal de comandos, entretanto, a exemplo do Steam Locomotive e do Asciiquarium, é apenas mais um item para compor a lista de inutilidades para ambientes GNU/Linux. Nos raros tempos de folga, para descontrair, procurar por tais "futilidades linuxers" é, antes de tudo, uma mania quase que incontrolável e, também, uma forma de se divertir um pouco.

Seguindo a linha "aquática". a bola da vez é o xfishtank, que transforma seu background estático em um verdadeiro aquário em movimento, por onde transitam peixes dos mais variados estilos, tamanhos e formatos, cobras marinhas, arraias, além, é claro, dos temidos tubarões. O mais interessante dessa solução é a leveza proporcionada pelo mundo marinho ao seu ambiente de trabalho. Enquanto trabalha, você acompanha a vida marinha seguir seu curso natural!

Apesar de ser um aplicativo antigo e estar disponível nos repositórios default de muitas distribuições GNU/Linux, o xfishtank, entretanto, é pouco conhecido até mesmo para usuários GNU/Linux mais antigos. E, como não poderia ser diferente, sua instalação é bastante simples, principalmente em distros que possuem um bom gerenciador de pacotes. No Ubuntu, por exemplo, a instalação resume-se ao seguinte comando:

  $ sudo apt-get install xfishtank

Após a instalação do pacote, que dura poucos segundos, mesmo com uma conexão à Internet mais limitada, ao abrir um terminal e executar o comando "xfishtank", entretanto, nada foi apresentado na tela e nenhum erro era mostrado durante a execução do comando. Alguns minutos de investigação, entretanto, e a solução foi encontrada!

Por se tratar de uma aplicação de certa forma antiga, o xfishtank não considera que outros aplicativos irão se responsabilizar pela manutenção do background do seu desktop. Todavia, em ambientes Gnome, por exemplo, o Nautilus assume essa tarefa. Diante disso, para desabilitar essa funcionalidade, basta executar o seguinte comando:

  $ gconftool-2 /apps/nautilus/preferences/show_desktop -t bool -s false

Em seguida, execute novamente o xfishtank e, provavelmente, não tendo nenhum outro problema, seu desktop será tomado pelos seres marinhos providos por esse pequeno, mas interessante aplicativo.

Ah, ia esquecendo, para fazer com que o Nautilus retome suas atividades normais com relação ao seu background, basta executar o mesmo comando anterior mudando, entretanto, o valor da chave para controle do desktop:

  $ gconftool-2 /apps/nautilus/preferences/show_desktop -t bool -s true

Bem, acho que é isso!


DrupalCamp Campinas

Colaboração: Roberto Costa

No dia 18 de abril, das 9 às 17 horas, a comunidade brasileira de Drupal vai se reunir em Campinas. O encontro, marcado para o Ciclo Básico I da Unicamp, pretende discutir os próximos passos do projeto no Brasil e aprender novas ferramentas.É voltado para usuários experientes e para os recém-chegados. A DrupalCamp Campinas mescla palestras com espaços abertos ao estilo desconferência.

Mais: http://drupaleiros.com/drupalcamp2/



Veja a relação completa dos artigos de Jansen Sena

 

 

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script