você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Opção BCC - em mensagens de mail

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 10 de Maio de 1997

Existem ocasiões em que se deseja enviar uma mensagem a alguém e uma cópia da mensagem a outra pessoa, porém sem que o destinatário original saiba da existência da cópia.

Para isto existe a opção BCC ou "Blind Carbon Copy". Ao se especificar esta opção o programa sendmail, após realizar o processamento dos recipientes, retira a linha contendo a opção BCC e realiza a entrega da mensagem.

Desta forma o destinatário original da mensagem, ao examinar os cabeçalhos, não verá que a mensagem foi entregue a outras pessoas.

Para exemplicar, no programa elm, na tela "Message Header Edit Screen", que se invoca após digitar uma mensagem, temos:


                             Message Header Edit Screen
  
  T)o: queiroz (Rubens Queiroz de Almeida #200503# )
  C)c: 
  B)cc: joao@acme.com
  S)ubject: TESTE
  R)eply-to: 
  A)ction:                                 E)xpires: 
  P)riority:                               Precede(n)ce: 
  I)n-reply-to: 
       Choose header, u)ser defined header, d)omainize, !)shell, or <return>.
  Choice: 

A mensagem que foi enviada ao usuário queiroz, será também enviada para o usuário <joao (a) acme com>. O usuário queiroz não terá como identicar que uma cópia da mensagem foi enviada a outro pessoa, pois o sendmail retira esta informação do cabeçalho da mensagem.

Já a opção CC (Carbon Copy) aparece nos cabeçalhos e todos os recipientes da mensagem conseguem vê-la.


Alguns comandos do Unix :-)

  % make fire
    Make:  Don't know how to make fire.  Stop.
   
  % why not?
    No match.
   
  % gotta light?
    No match.
   
   
  % How's my lovemaking?
    Unmatched '.
   
  % [Where is my brain?
    Missing ].
   
  % ^How did the sex change^ operation go?
     Modifier failed.
   
  % ^How did the sex change operation go?
     Bad substitute.
   
  % man: why did you get a divorce?
    man:: Too many arguments.
   
  % \(-
    (-: Command not found.
   
  % sh
  $ PATH=pretending! /usr/ucb/which sense
    no sense in pretending!
   
  $ mkdir matter; cat >matter
    matter: cannot create
   
  % make love
    Make: Don't know how to make love. Stop.
   
  % drink <bottle; opener
    bottle: cannot open
    opener: not found
   
  % alias alias alias
    alias: Too dangerous to alias that.
   
  % cat catfood
    cat: cannot open catfood
   
  % cat "food in cans"
    cat: can't open food in cans
   
  % rm God
    rm: God nonexistent


 

 

Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script