você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

O comando traceroute

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 25 de Agosto de 1997

Você já parou para pensar por onde passam os seus dados em suas viagens pela Internet? Se você quer saber, existe um comando em sistemas Unix e Windows (95 e NT) que lhe fornecem estas informações.

Este comando chama-se traceroute. Para determinar o caminho percorrido de meu computador até o servidor ftp da Universidade de Washington basta emitir o comando:

  root@netway:[/]traceroute wuarchive.wustl.edu
  traceroute to wuarchive.wustl.edu (128.252.135.4), 30 hops max, 40 byte packets
   1  panoramix.cmp.unicamp.br (143.106.30.11)  9 ms  2 ms  2 ms
   2  cmp-gw.unicamp.br (143.106.10.40)  10 ms  3 ms  3 ms
   3  ansp-gw.unicamp.br (143.106.1.45)  4 ms  4 ms  4 ms
   4  ansprd2.unicamp.br (143.106.70.1)  7 ms  5 ms  6 ms
   5  143.108.5.7 (143.108.5.7)  156 ms *  186 ms
   6  143.108.5.1 (143.108.5.1)  178 ms  184 ms  146 ms
   7  delta.cora.br (143.108.13.3)  173 ms  173 ms  207 ms
   8  mix-serial4-4.Washington.mci.net (204.189.152.193)  514 ms  391 ms  341 ms
   9  * core1-fddi-0.Washington.mci.net (204.70.2.1)  365 ms *
  10  core1.NorthRoyalton.mci.net (204.70.4.205)  365 ms  374 ms  390 ms
  11  core-hssi-2.Chicago.mci.net (204.70.1.93)  383 ms  473 ms  397 ms
  12  * border4-fddi-0.Chicago.mci.net (204.70.3.83)  390 ms *
  13  startnet-llc.Chicago.mci.net (204.70.27.6)  420 ms  445 ms  411 ms
  14  * wuarchive.wustl.edu (128.252.135.4)  428 ms *
  

Da saída do comando acima pode-se identificar todo o caminho percorrido até se chegar ao computador destino. No total, a mensagem passa por 13 computadores até chegar ao destino.

Ao lado do nome de cada computador pode-se ver o número IP e três valores em milissegundos. A cada um destes computadores são enviados três pacotes UDP e, para cada um destes pacotes, é medido o tempo de ida e volta do pacote. Se não houver resposta dentro de três segundos, no lugar onde seria exibido o tempo da viagem de ida e volta é colocado um asterisco, como se pode ver acima.

O objetivo deste comando é servir como uma ferramenta para identificação de problemas de rede, roteamento e medição de performance. Se o pacote estiver tomando caminhos totalmente diferentes da melhor rota esta anomalia já pode ser identificada a partir da saída do traceroute. Pode-se também se identificar gargalos, a partir dos quais a performance se torna extremamente lenta.

Como dito acima, este comando existe também em sistemas Windows. O nome todavia é diferente. Chama-se tracert e deve ser invocado a partir de uma janela DOS.



 

 

Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script