você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens Programação Shell Linux: Inscrições Abertas

MSSQL com php no CentOS 5.4

Colaboração: Leonardo Costa

Data de Publicação: 17 de junho de 2010

Imaginando que você já tem o php instalado no seu servidor, vamos colocar mãos a obra.

Acesse shell como root:

Primeiro vamos melhorar nosso repositório do yum instalando o rpmfusion.

Instale primeiro o epel.

root# rpm -Uvh http://download.fedora.redhat.com/pub/epel/5/i386/epel-release-5-3.noarch.rpm

em seguida:

root# rpm -Uvh http://download1.rpmfusion.org/free/el/updates/testing/5/i386/rpmfusion-free-release-5-0.1.noarch.rpm
root# rpm -Uvh http://download1.rpmfusion.org/nonfree/el/updates/testing/5/i386/rpmfusion-nonfree-release-5-0.1.noarch.rpm

Para mais informações acesse http://rpmfusion.org.

Continuando, após instalar os pacotes atualize a base:

root# yum update -y

Após finalizar instale os pacotes necessários para o MSSQL no php

root# yum install  php-mssql freetds php-odbc

Ao finalizar, reinicie o apache com o seguinte comando:

root# service httpd restart

Vamos testar o freetds. Para mais informações sobre esta biblioteca acesse http://www.freetds.org/

root# tsql -H ipdoservidorwindows -p port (geralmente 1433) -U usuário -Psenha

Feito isso, o resultado será a conexão estabelecida com o seu MSSQL, e vai aparecer como abaixo:

1> digite quit para sair

Agora vamos configurar o arquivo do freetds para acessar o MSSQL.

Importante saber a versão do MSSQL para fazer esta configuração. A versão utilizada nos testes foi a 2008

root# cd /etc

use o seu editor de texto preferido para editar o arquivo freetds.conf

procure pela linhas:

# A typical Microsoft SQL Server 2000 configuration
[MyServer2k]
      host = ipdoservidorwindows
      port = 1433
      tds version = 8.0

Nada mais, agora salve o aquivo!

Em seguida reinicie o apache

root# service httpd restart

Feito isso agora crie uma página info.php

<?php
phpinfo();
?>

Veja se está na página o item mssql. Vai aparecer como descrito abaixo.

mssql

MSSQL Support  enabled
Active Persistent Links        0
Active Links   0
Library version        FreeTDS

Directive      Local Value     Master Value
mssql.allow_persistent On      On
mssql.batchsize        0       0
mssql.charset  no value        no value
mssql.compatability_mode       Off     Off
mssql.connect_timeout  5       5
mssql.datetimeconvert  On      On
mssql.max_links        Unlimited       Unlimited
mssql.max_persistent   Unlimited       Unlimited
mssql.max_procs        Unlimited       Unlimited
mssql.min_error_severity       10      10
mssql.min_message_severity     10      10
mssql.secure_connection        Off     Off
mssql.textlimit        Server default  Server default
mssql.textsize Server default  Server default
mssql.timeout  60      60

Se passou por todos os processos com sucesso, seu servidor está pronto para se conectar ao seu banco de dados MSSQL. Agora manda bala nos códigos e até a próxima.

Caso esteja faltando algum item ou queiram acrescentar, sugestões serão sempre bem vindas, afinal estamos aqui com o mesmo propósito, trocar idéias.

Eu postei esta dica no http://softwarelivre.org/php-with-linux, uma comunidade de PHP com linux com dicas legais.



Veja a relação completa dos artigos de Leonardo Costa