você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens Programação Shell Linux: Inscrições Abertas

LTSP 4.2 + Debian em alguns minutos.

Colaboração: Lucas Souza Fernandes

Data de Publicação: 07 de Agosto de 2007

Primeiramente este documento não tem como objetivo substituir a documentação oficial do projeto, apenas uma referência rápida para instalação e configuração de um servidor de terminais utilizando a distribuição Debian GNU/Linux.

Muitas instituições no mundo têm exatamente o mesmo problema: O que fazer com computadores antigos??? Será que um investimento em hardware se torna obsoleto em 3 anos??? Problema que se torna cada vez mais comum...

LTSP e a sigla para Linux Terminal Server Project, um projeto criado por James McQuillan. A idéia central do LTSP e reunir tudo que existe de bom para GNU/Linux e um servidor completo de terminais, com alto nível de gerenciamento.

Vamos a instalação e configuração dos serviços básicos para o LTSP:

# apt-get libwww-perl dhcp3-server tftpd-hpa portmap nfs-kernel-server ltsp-utils

Seguimos com o dowload do iso dos pacotes para LTSP-4.2

wget -c http://ltsp.mirrors.tds.net/pub/ltsp/isos/ltsp-4.2u2-0.iso

Após o download é aconselhável montar a imagem iso para que não seja necessário fazer o download do pacotes pela rede.

# mount -o loop ltsp-4.2u2-0.iso /mnt

Para este caso a máquina que esta para ser configurada como servidor tem duas placas de rede, sendo necessário que a configuração das interfaces de rede. Segue um exemplo do arquivo /etc/network/interfaces , veja q uma interface esta com ip fixo enquanto outra esta buscando por um dhcp, ou seja temos duas redes, distintas para que a rede do LTSP não interfira em outra seja qual for.

# This file describes the network interfaces available on your system
# and how to activate them. For more information, see interfaces(5).
# The loopback network interface
auto lo
iface lo inet loopback
auto eth1
iface eth1 inet static
        address 192.168.2.1
        netmask 255.255.255.0
        network 192.168.2.0
        broadcast 192.168.2.255
        gateway 192.168.2.1
# The primary network interface
auto eth0
iface eth0 inet dhcp

Após instalado os serviços e configurado as interfaces de rede é necessário definir qual a interface que estará "escutando" pelo servidor dhcp do servidor, no caso será a interface eth1 como descrita no arquivo /etc/network/interfaces esta configuração é feita no arquivo /etc/default/dhcp3-server , segue um exemplo.

# Defaults for dhcp initscript
# sourced by /etc/init.d/dhcp
# installed at /etc/default/dhcp3-server by the maintainer scripts
#
# This is a POSIX shell fragment
#
# On what interfaces should the DHCP server (dhcpd) serve DHCP requests?
#     Separate multiple interfaces with spaces, e.g. "eth0 eth1".
INTERFACES="eth1"

Continuando com a configuração do servidor tftpd-hpa no arquivo /etc/default/tftpd-hpa

#Defaults for tftpd-hpa
RUN_DAEMON="yes"
OPTIONS="-l -s /tftpboot"

Agora vamus a configuração...

# ltspadmin

Será apresentada uma lista de opões:

ltspadmin - v0.17                                        LTSP dir: /opt/ltsp
LTSP Administration Utility

  Install/Update LTSP Packages
  Configure the installer options
  Configure LTSP

  Quit the administration program


Press <Enter> to Select   N-Next   P-Prev   Q-Quit

Seguindo com a opção "Install/Update LTSP Packages" por ser a primeira vez a ser executado será necessário configurar o repositório do qual serão baixados os pacotes, opçoes de diretório destino e proxy de rede. No caso em questão na pergunta: "Where to retrieve packages from?" o parâmetro será file:///mnt

LTSP Installer configuration


Where to retrieve packages from?
[http://ltsp.mirrors.tds.net/pub/ltsp/ltsp-4.2/] file:///mnt

In which directory would you like to place the LTSP client tree?
[/opt/ltsp-4.2] /opt/ltsp

If you want to use an HTTP proxy, enter it here
Use 'none' if you don't want a proxy
Example:  http://proxy.yourdomain.com:3128

[none]

If you want to use an FTP proxy, enter it here
(Use 'none' if you don't want a proxy)

[none]

Correct? (y/n/c) y

Seguindo isto logo será apresentada a lista de pacotes disponíveis, sendo clicar em A para selecionar todas as opções e Q para realizar o download e instalação dos pacotes. Logo que instalado... passamos a configuração do servidor. No menu de opções do ltspadmin escolha "Configure LTSP" , então o script de configuração verifica todos os serviços, logo após teclar "ENTER" temos as opções "S" , "C" e "Q". "S" mostra o estado de cada serviço e configuração necessária, "C" lista os passos para configuração dos serviços e arquivos de configuração e "Q" sair...

Seguindo com a opção "C" passamos para a seguinte tela...

ltspcfg v0.16            The Linux Terminal Server Project (http://www.LTSP.org)
  1 - Runlevel
  2 - Interface selection
  3 - DHCP configuration
  4 - TFTP configuration
  5 - Portmapper configuration
  6 - NFS configuration
  7 - XDMCP configuration
  8 - Create /etc/hosts entries
  9 - Create /etc/hosts.allow entries
  10 - Create /etc/exports entries
  11 - Create lts.conf file

  R - Return to previous menu
  Q - Quit

Make a selection:

Agora vem a lista dos passos para a configuração.

1 - Runlevel

Aqui será escolhida a opção de runlevel para o servidor, o sugerido por questões de segurança e também para enconomia de memória no servidor é 2;

2 - Interface selection

Aqui será informado a interface de rede para o servidor, no caso será a interface eth1;

3 - DHCP configuration

Neste ponto é criado o arquivo de configuração /etc/dhcp3/dhcpd.conf.sample substitua o dhcpd.conf que é criado durante a instalação pelo novo arquivo de configuração do servidor dhcp.

# mv /etc/dhcp3/dhcpd.conf.sample /etc/dhcp3/dhcpd.conf

É interessante que o script cria o arquivo pronto, mas mesmo assim segue exemplo e vejam as diferenças, pois é preciso definir o dominio para o ltsp que será utilizado posteriormente para criação do arquivo /etc/hosts e afins.

# dhcpd.conf

ddns-update-style             ad-hoc;

option subnet-mask            255.255.255.0;
option broadcast-address      192.168.2.255;
option routers                192.168.2.1;
option domain-name-servers    192.168.2.1;
option domain-name            "ltsp";   # You really should fix this
option option-128 code 128 = string;
option option-129 code 129 = text;


get-lease-hostnames           true;

next-server                   192.168.2.1;
option root-path              "192.168.2.1:/opt/ltsp/i386";

subnet 192.168.2.0 netmask 255.255.255.0 {
    range   192.168.2.10   192.168.2.20;
    if substring (option vendor-class-identifier, 0, 9) = "PXEClient" {
        filename "/lts/2.6.17.8-ltsp-1/pxelinux.0";
    }
    else{
        filename "/lts/vmlinuz-2.6.17.8-ltsp-1";
    }
}

Vale notar que agora podemos ter redes mistas de computadores com pxe boot ou boot por diquete, pen drive, hard disk e afins... :-) repare tb na linha

option domain-name            "ltsp";   # You really should fix this

Não esqueça de informar o dominio pois pode gerar problemas mais tarde. Em caso

4 - TFTP configuration

Como estaremos utilizando o inetd para inicializar os serviços o tftpd-hpa também se inclue nesta lista segue a linha de configuração a ser adicionada no arquivo /etc/inetd.conf

5 - Portmapper configuration

Verifica se o serviço esta disponível e habilitado... ou seja se o apt-get do inicio estiver ocorrido tudo correto esta pronto.

6 - NFS configuration

Idem ao item 5.

7 - XDMCP configuration

Habilita conexão remota para acessodos clientes depende do display manager que você esta utilizando seja, xdm, kdm ou gdm.

8 - Create /etc/hosts entries

Criação do arquivo que se baseia nas informações que estão no dhcpd.conf ...

9 - Create /etc/hosts.allow entries

Arquivo de configuração que...

10 - Create /etc/exports entries

11 - Create lts.conf file

Se tudo estiver corretor e tiver algum thin client a disposição... basta conecta-lo na rede do servidor que acabou de instalar e utilizar o mesmo... caso tenha algum pc velho, pode utilizar do boot pelo disquete. Mais referencias em www.ltsp.org



Veja a relação completa dos artigos de Lucas Souza Fernandes