você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Instalação Sendmail (Parte 1)

Colaboração: Rubens Queiroz de Almeida

Data de Publicação: 19 de Maio de 1998

A maioria dos sistemas Unix vem configurada com o sendmail de Berkeley. O problema destas versões embutidas no sistema operacional é que na maioria das vezes são versões antigas e, em muitos casos, com problemas de segurança.

Não bastasse isto, as versões mais antigas do sendmail são difíceis de se configurar, exigindo a edição manual do arquivo sendmail.cf e, é claro, um profundo conhecimento de seu funcionamento.

As versões mais novas oferecem ferramentas (que abordaremos aqui) que tornam mais fácil a instalação e configuração do sendmail para diversos propósitos (antispamming, relaying, etc.).

A instalação do sendmail será abordada aqui em vários artigos. Hoje começaremos listando os pré-requisitos, ou seja, os programas necessários ao funcionamento do sendmail.

O primeiro destes programas, é claro, é o compilador C. Mesmo que você não possua um compilador C você pode contar com o compilador C distribuído pela Free Software Foundation, FSF, o gcc. Este compilador pode ser encontrado na forma pré-compilada para várias plataformas. Para AIX por exemplo, você consegue encontrar o gcc pré-compilado em http://www-frec.bull.com. Quem tem a sorte de usar Linux ou FreeBSD não precisa se preocupar. O GCC vem como parte da instalação.

Em segundo lugar vem o processador de macros M4. Muitos sistemas operacionais já vem com este processador de macros. Mas caso você não tenha, não se preocupe, a FSF também distribui este pacote gratuitamente. Você pode obtê-lo a partir do mirror da FSF no servidor de FTP Anônimo da Unicamp, em http://ftp.unicamp.br/pub/gnu/m4-1.4.tar.gz.

A finalidade deste pacote é facilitar a criação do arquivo de configuração do sendmail, o arquivo /etc/sendmail.cf. Como veremos mais tarde, a criação do arquivo sendmail.cf, através da facilidade oferecida pelo M4, se torna muito mais simples.

Outro pacote necessário, também distribuído pela FSF, é o texinfo (http://ftp.unicamp.br/pub/gnu/texinfo-3.9.tar.gz). Este pacote tem como objetivo a formatação da documentação do M4.

O sendmail, em sua compilação, exige um formatador de textos troff, para gerar a sua documentação. Caso o seu sistema não possua um formatador de textos deste tipo, você pode utilizar o groff, também distribuído pela FSF (http://ftp.unicamp.br/pub/gnu/groff-1.11a.tar.gz). O problema entretanto é que o groff requer o C++ para sua compilação. Mesmo com o C++ em ordem a compilação do GROFF é bastante problemática. Caso você não tenha um formatador troff ou não consiga compilar o GROFF não se preocupe. Basta alterar no arquivo Makefile usado para compilar o sendmail os locais onde se referencia o troff ou groff. Falarei sobre isto mais tarde.

Em instalações onde o arquivo /etc/aliases possui milhares de linhas, a operação do sendmail sem um software que converta este arquivo num formato indexado, fica seriamente prejudicada. Devido a isto o sendmail pode ser instalado com suporte a banco de dados. Os softwares que se integram ao sendmail para desempenhar esta função são ndbm e newdb.Estes pacotes lêem o arquivo /etc/aliases e criam uma nova versão indexadada (aliases.db, para newdb, ou um par de arquivos chamados aliases.pag para os dados e aliases.dir para o índice, para ndbm). O formato ndbm é um formato antigo e está sendo substituído pelo formato newdb. O suporte ao formato NDBM foi incluído apenas para suporte a bancos de dados antigos. Todos os bancos de dados que sejam reconstruídos assumirão o novo formato (desde que o sendmail tenha sido compilado com suporte ao formato NEWDB). Estes softwares não são estritamente necessários, porém não se recomenda em absoluto que se instale o programa sendmail sem incluir o suporte a um destes dois tipos de acesso. Eu recomendo a instalação apenas do software para suporte ao formato newdb. Este software pode ser obtido em http://mongoose.bostic.com/db/.

Os softwares distribuídos pela Free Software Foundation são copiados diariamente de ftp://prep.ai.mit.edu/pub/gnu para seu mirror no servidor de ftp anônimo da Unicamp, localizado em ftp://ftp.unicamp.br/pub/gnu. O programa sendmail é distribuído pelo servidor de ftp anônimo do Departamento de Ciência da Computação da Universidade de Berkeley (ftp.cs.berkeley.edu). A última versão do programa sendmail pode ser encontrada em ftp://ftp.cs.berkeley.edu/ucb/sendmail.


Fim Parte 1



 

 

Veja a relação completa dos artigos de Rubens Queiroz de Almeida

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script