você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Infraestrutura para Aplicações Web Seguras parte 3 - Aplicação ( Cont. )

Colaboração: Alexandro Silva

Data de Publicação: 19 de março de 2010

Para completar o post anterior eu não poderia deixar de lado os nossos amigos e companheiros de luta - OS DESENVOLVEDORES. Sim esses abnegados amigos que defendem com unhas e dentes seus sistemas desenvolvidos seguindo padrões de qualidade criados por eles próprios.

Eu não sou expert no assunto muito porque como desenvolvedor eu sou um bom cozinheiro. Por isso indico o site do grande Wagner Elias.

Referências - Desenvolvimento Seguro

As referências acima ajudarão os desenvolvedores compreenderem como desenvolver aplicações de forma segura. Sabemos que nunca estaremos 100% seguros, porém o mais importante e o mais gratificante é saber que ao tentar detectar/explorar uma falha numa aplicação ou em um sistema o atacante viu que as portas foram bem fechadas e com o aumento da complexidade a grande maioria desiste.

Para finalizar com chave de ouro, indico a leitura de um texto muito engraçado e totalmente verdadeiro feito pelo meu amigo Lício Fonseca - Desenvolvedores: O que o seu SysAdmin gostaria que você soubesse.

Blog do Autor: http://blog.alexos.com.br

Financiamento estudantil para cursos do Ensino Superior

Fonte: Revista Nova Escola - Editora Abril

Mudança na legislação facilita as condições de pagamento dos empréstimos do Fies para quem quer cursar licenciatura. Conheça as novidades

Ana Rita Martins (<ana martins (a) abril com br>)

Na tentativa de reduzir a escassez de professores com formação adequada à área em que lecionam, o Ministério da Educação (MEC) decidiu oferecer incentivos para quem quiser cursar graduações ligadas ao magistério. Após o encerramento das inscrições do Programa Universidade para Todos (Prouni) em fevereiro, as atenções agora se voltam para o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), que banca até 100% da mensalidade dos graduandos - vale tanto para quem já estava na universidade como para quem acabou de ingressar.

Em janeiro passado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou alterações nas características do fundo (leia o quadro abaixo). Uma novidade importante beneficia os estudantes de licenciatura. Os recém-formados que ingressarem na rede pública ou que já atuem nela podem abater 1% do saldo devedor a cada mês trabalhado. Na prática, com 100 meses, o docente quita seu financiamento sem desconto salarial.

Outras mudanças valem para todas as graduações. A taxa anual de juros do empréstimo tomado no banco, por exemplo, caiu de 6,5% para 3,5%. Já o prazo de quitação da dívida aumentou para três vezes o tempo de financiamento. A estimativa é de que o Fies contemple 200 mil estudantes este ano.

Como funciona o programa

O Fies custeia o estudo de 480 mil alunos em 1,5 mil instituições de Ensino Superior e tem inscrições abertas o ano todo.

Informações gerais

O que é

Programa destinado a financiar cursos de graduação (prioritariamente) e cursos de pós-graduação e de Educação profissional em nível técnico (havendo disponibilidade de recursos e a critério do MEC).

Porcentagem de financiamento

50, 75 ou 100% do valor do curso.

Número de vagas para 2010

200 mil (estimativa).

Como se candidatar

Período de inscrição

O ano todo, a partir deste mês, no site www.mec.gov.br.

Pré-requisito financeiro

Para requerer a bolsa de 100%, comprovar que 60% da renda familiar bruta está comprometida com gastos fixos. Estudantes de licenciatura ou bolsistas parciais do Prouni estão livres dessa exigência.

Pré-requisito acadêmico

Estar matriculado numa graduação em instituição que tenha aderido ao Fies e que possua conceito maior ou igual a 3 no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Formas de pagamento

Em dinheiro

  • A cada três meses, o estudante paga uma taxa de 50 reais ao Fundo.
  • Depois de formado, ele tem carência de 18 meses (pagando nesse período apenas os 50 reais trimestrais) para começar a quitar o financiamento.
  • No início da quitação, ele arca, em prestações mensais, com o custo do último semestre cursado. Após esse período, o valor restante é dividido em parcelas iguais por até três vezes o período de duração do financiamento.

Com trabalho Graduandos de licenciatura que ingressem na rede pública ou professores que já atuem nela por pelo menos 20 horas semanais podem pagar o financiamento com trabalho, abatendo 1% do saldo devedor a cada mês.

Exigências durante o curso

Renovação Semestral.

Aproveitamento acadêmico

No mínimo 75% nas disciplinas cursadas no período letivo.



 

 

Veja a relação completa dos artigos de Alexandro Silva

Opinião dos Leitores

ANDREI DE S. MACIEL
28 Jan 2011, 16:58
o governo federal esta de parabens.
pois esse é um projeto otimo
onde visa a igualdade entre as sociedades
eu faço parte e assino em baixo..
parabens lula..
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script