você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Enviando executáveis via gmail

Colaboração: Sérgio Luiz Araújo Silva

Data de Publicação: 22 de Outubro de 2005

Se você não sabe, o gmail não permite o envio de arquivos executáveis e isto é um problema para muita gente que gostaria de usar aquele espaço todo como porta-aquivos.

A dica é enviar arquivos criptografados, pois assim o sistema não tem como saber que tipo de arquivo está recebendo e não pode bloquear.

Os passos

Os programas citados dependem do gnupg instalado!

Seahorse

Para quem tem o Gnome instale o seahorse

veja os screenshots

Link para download

KPG

Para quem usa o KDE instale o KGPG

screenshots

Download

Há ainda a possibilidade de usar mecanismos como apt ou yum

No caso do gnome + seahorse ele cria uma pasta oculta .gnupg pois ambos o kgpg e seahorse são apenas frontends para o gnupg

Inicie o programa e crie seu par de chaves criptográficas

Depois vá na pasta oculta e copie as chaves pubring.gpg e secring.gpg para enviar junto com o arquivo executável que deseja mandar. No corpo da mensagem envie também a frase senha

Lembre-se que este procedimento é apenas para que você possa enviar executáveis pelo gmail, e você pode gerar outras chaves para proteger de fato seus e-mails e demais coisas, ou seja, para um uso seguro da criptografia a ultima coisa que você deve fazer e enviar sua chave secreta secring.gpg! já a chave pública pubring.gpg deve ser enviada para que seus contatos possam criptografar arquivos e lhe enviar os mesmos de forma segura.

Em qualquer computador com linux instale novamente os frontends para o gnupg, importe as chaves, baixe seu arquivo decript e corra pro abraço!

É um tanto complicado mas funciona, e de quebra você começa a usar de fato criptografia. Vale como exercício!

Usando criptografia nenhum adiministrador de sistemas poderá ler seus e-mails, nem mesmo tendo acesso físico ao servidor! A menos que use um cluster para tentar quebrar na força bruta!


Gnu Linux stars in MS movie

http://www.stuff.co.nz/stuff/0,2106,3437625a28,00.html

10 October 2005

By REUBEN SCHWARZ

In a stroke of irony, Microsoft's Halo movie will be produced in Wellington by servers running the open-source Linux operating system.*

Universal Pictures and Twentieth Century Fox announced last week that Peter Jackson and his partner Fran Walsh will act as executive producers for the film, based on the best-selling game for Microsoft's Xbox gaming console.

Bungie, the Microsoft-owned development firm which created the game, confirmed that Peter Jackson's post-production firm Weta Digital would be involved in the movie.

Weta Digital uses more than 1000 dual-processor IBM blade servers running the Fedora version of the Red Hat distribution of the Linux to produce special effects for movies that have so far included Lord of the Rings and King Kong.

About half the processors are rented out by the New Zealand Supercomputing Centre ? a joint venture between Telecom and Weta ? when they are not needed for film-making.

The open-source Linux operating system is growing in popularity in the server market, threatening the market share of Microsoft's Windows Server, though it hasn't managed to make major inroads on the desktop.

Halo centres on the adventures of an armour-clad super soldier known as the Master Chief who battles an alien horde, and the movie is certain to be laden with special effects rendered using Weta's servers.

The game has sold 13 million copies worldwide, generating $US600 million in revenue, and was the making of the Xbox games console.

Microsoft will receive $US$5 million up front from Universal Pictures and Twentieth Century Fox, plus a cut of ticket sales.

The script for Halo was written by Alex Garland, who penned the sci-fi hit 28 Days. The movie is expected to be released mid-2007.



Veja a relação completa dos artigos de Sérgio Luiz Araújo Silva

 

 

Opinião dos Leitores

ivan
13 Fev 2013, 21:30
basta renoemear e tira a extencao .exe ex: programa.exe
fica programa sem extencao ai o google fica perdido
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script