você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Criando um Live USB do Slackware 12.2

Colaboração: Marcos Rangel Júnior

Data de Publicação: 02 de Agosto de 2009

Neste artigo mostrarei como consegui criar um Live USB do Slackware. Achei algumas distros Live USB, como o Slax, uma distro espelhada e mais enxuta do Slackware, porém trabalha só em FAT32. Eu queria trabalhar em EXT3.

Meu HD é o dispositivo /dev/sda1. Dei um boot de instalação com meu DVD do Slackware. Criei apenas uma partição no meu pendrive, /dev/sdb1, usando o fdisk, e instalei o Slackware nele. Porém, quando foi pedido para a instalar o LILO, eu pulei sua instalação e configuração, pois nós usaremos o EXTLINUX.

Crie uma pasta para o pendrive:

  mkdir /mnt/pendrive

Monte o pendrive nesta pasta:

  mount /dev/sdb1 /mnt/pendrive

Crie uma pasta onde será salvo o syslinux

  mkdir /mnt/pendrive/home/syslinux

O extlinux, é espécie de syslinux, porém dá suporte a partição EXT3. Baixe-o em:

  http://www.kernel.org/pub/linux/utils/boot/syslinux/syslinux-3.82.tar.gz

E salve na pasta na qual foi criada para ele. Entre em sua pasta e descompacte usando o comando:

  tar -xvzf syslinux-3.82.tar.gz

Crie uma pasta e baixe também o Slax, pois iremos precisar do arquivo de configuração do mesmo:

  mkdir /mnt/pendrive/home/slax
  http://nimue.fit.vutbr.cz/slax/SLAX-6.x/slax-6.1.1.tar

Descompacte o arquivo na pasta:

  tar -xvf slax-6.1.1.tar

Nela terá várias pastas, sendo uma delas a mbr. Nós utilizaremos o arquivo mbr.bin contido nela e escreveremos na mbr do pendrive:

  cat mbr/mbr.bin > /dev/sdb

Crie uma pasta para o extlinux dentro da pasta boot:

  mkdir /mnt/pendrive/boot/extlinux

Na própria pasta do syslinux haverá também haverá a pasta com32/menu. Copie o arquivo menu.c32 para a pasta extlinux.

Copie para lá o arquivo de configuração do Slax, com o nome de extlinux.conf:

  cp /mnt/pendrive/home/slax/boot/slax.cfg /mnt/pendrive/boot/extlinux/exlinux.conf

Edite o extlinux.conf, alterando o DEFAULT para menu.c32 e remova todos os tipos de inicialização do Slax, ficando apenas com esta:

  LABEL linux
  MENU LABEL Slackware 12.2 (KDE)
  KERNEL /boot/vmlinuz
  APPEND initrd=/boot/initrd.gz ramdisk_size=6666 rootdelay=10 root=/dev/sdb1 ro changes=/dev/sdb1
  

Remova a pasta slax de seu pendrive:

  rm -rf /mnt/pendrive/home/slax/

Copie o menu.c32 para a pasta extlinux:

  cp /mnt/pendrive/home/syslinux/com32/menu/menu.c32 /mnt/pendrive/boot/extlinux/

Vá na pasta do extlinux, dentro do syslinux e instale o extlinux:

  ./extlinux -- install /mnt/pendrive/boot/extlinux

Com os passos acima citados, seu pendrive será capaz de bootar com particões EXT3. Agora é configurar o arquivo initrd.gz, pois lá que mora nosso desafio. Antes disso removeremos a pasta do syslinux do pendrive:

  rm -rf /mnt/pendrive/home/syslinux/

Dê um chroot em seu pendrive:

  chroot /mnt/pendrive

Remova qualquer coisa do initrd.gz em seu diretório de boot:

  rm -rf initrd-tree initrd.gz

Crie um novo initrd:

  mkinitrd -c -k 'versão_do_kernel_sem_aspas' -m mbcache:jbd:ext3 -f ext3 -r /dev/sdb1

Caso você não saiba sua versão do kernel, use o comando abaixo para saber:

  uname -a

Quando você criar dentro do diretório de boot o initrd, ele criará um arquivo initrd.gz e uma pasta initrd-tree. Remova o arquivo initrd.gz.

  rm -rf initrd.gz

Copie seu arquivo fstab para a pasta initrd-tree/etc

  cp /etc/fstab /boot/initrd-tree/etc

Entre na pasta initrd-tree/etc e altere o ponto de montagem:

  /dev/sdb1  /mnt    ext3    defaults        1       1

Edite o arquivo initrd-tree/wait-for-root e altere seu valor para 10. Volte para o /boot e execute o seguinte comamdo:

  dd if=/dev/zero of=inirtd bs=1024 count=3072

Vincule o arquivo criado a um dispositivo:

  losetup /dev/loop0  initrd

Crie um sistema de arquivo para o dispositivo (no nosso caso, ext3):

  mkfs.ext3 /dev/loop0

Monte o dispositivo:

  mount /dev/loop0 /mnt

Copiar todo conteúdo do initrd-tree para dentro do dispositivo de loop montado

  cp -a /boot/initrd-tree /mnt

Desmonte o dispositivo:

  umount /dev/loop0

Desvincule o dispositivo ao arquivo:

  losetup -d /dev/loop0

Compacte o arquivo initrd:

  gzip -9 initrd

Dê um exit para sair do chroot e desmonte o pendrive:

  exit
  cd /
  umount /dev/sdb1

Com os passos acima, seu initrd foi criado com sucesso, sem nenhum problema. Agora, só resta a você reiniciar eu PC e pedir para bootar pelo USB. Pronto seu Live USB Slackware está pronto !!!

Sou Analista de sistemas do CensaNET, provedor de serviços em Campos-RJ. Também publico algumas dicas e tiro dúvidas no blog da empresa.

Código fonte da missão Apollo 11 em domínio público

Fonte: Notícias Linux

Foi publicado sob domínio público o código do módulo de comando e do módulo lunar da missão Apollo 11 como comemoração dos quarenta anos da primeira caminhada na Lua. Estes programas podem ser executados graças ao emulador do AGC (Apollo Guidance Computer) do projeto "Virtual AGC and AGS", que também tem seu código disponível no Google Code.

Saiba Mais

Comente: http://www.noticiaslinux.com.br/nl1248238056.html#comentarios



Veja a relação completa dos artigos de Marcos Rangel Júnior

 

 

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script