você está aqui: Home  → Arquivo de Mensagens

Como conectar na internet (Alcatel ADSL) usando o pptp-client

Colaboração: Caio Souza Mendes

Data de Publicação: 10 de Julho de 2003

Como conectar na internet (Alcatel ADSL) usando o pptp-client

Bem eu escrevi esse artigo com 2 intenções:

  • Explicar da maneira mais simples possível, bem "receita de bolo" mesmo, como conectar na internet usando o pptp client.

  • Fazer com que o pessoal aprenda um pouco mais.

Eu vou começar por uma explicação básica do que é e pra que serve o pptp. Bem, o pptp significa Point-to-Point Tuneling Protocol. É um protocolo criado pela microsoft para fazer uso de VPN (Virtual Private Networks). Esse pptp client pode ser usado para se conectar 2 VPN's. Aqui eu vou explicar como conectar na internet usando ele. Minha experiência com o pptp client começou quando eu coloquei ADSL em minha casa. O meu "modem", que na verdade é um roteador, é um Alcatel Speed Touch Pro. Ele tem 2 modos de operação principais: PPP e PPTP. No modo ppp ele funciona como router, e eu não preciso fazer nenhuma configuração tanto no windows, quanto no linux. Basta usar DHCP e pronto, estou conectado na internet. Só que a principal desvantagem disso é que no modo router eu não consigo abrir servidor de nada. E também não se pode receber arquivos por icq, irc, etc. Descobri como mudar a configuração pra PPTP. Daí eu tive que criar um discador dial-up no windows e, em vez de usar um modem, usei o Adaptador VPN da Microsoft. Bem, no linux, eu achava que deveria usar aquele rs-pppoe que vem com a maioria das distribuições. Mas o pppoe é um outro protocolo. O pptp client usa o pppd para fazer as conecções, portando sua configuração inclui configurar o pppd também.

Eu revirei a internet e achei um artigo bem simples, mas funcional, de como fazer a conexão pptp com o meu modem. Nesse artigo eu quero ser mais abrangente e explicar, em termos gerais, como funciona o pptp client. Vou explicar como faço pra conectar ao meu modem, mas esses passos podem ser usados para você conectar a qualquer servidor PPTP.

Agora vem a receita de bolo:

A primeira coisa a fazer é pegar o pptp-client. A página do projeto eh http://pptpclient.sourceforge.net/. Aconselho você a pegar o source. O rpm, quando você for instalar, vai pedir o mppe. E, confesso a vocês, não consegui instalar esse mppe. Se você instalar com a opção --nodeps, o pptp client funcionará do mesmo jeito. Para compilar é aquela receita básica: tar -zxf pptp-linux-X.X.X.tar.gz entre no diretório criado e digite:

  ./configure
  make

e como root:

  make install

Depois de instalado, o resto do processo é simples. Todos os passos seguintes só podem ser executados como ROOT.

Aqui eu uso DHCP para colocar o ip da minha placa de rede. O DHCP é pego do meu modem, portanto o ip é da mesma classe do modem (10.0.0.138).

Uma coisa importantíssima, que eu sofri muito pra descobrir e estava me causando problema, é que você NÃO pode ter um gateway. Se vc digitar route e aparecer algo assim:

  Kernel IP routing table
  Destination     Gateway         Genmask         Flags Metric Ref Use Iface
  localnet *               255.255.255.0          U     0      0     0 eth0
  loopback *               255.0.0.0              U     0      0     0 lo

Tudo bem, você não tem um gateway. Agora se aparecer algum ip na sessão Gateway, você terá que apagá-lo com o seguinte comando: route del default.

Essa parte de configuração da rede vai mudar muito. Mas para mim eu tive que apagar o gateway.

Certo, agora você deve editar o arquivo /etc/pap-secrets:

ele deve estar com algo assim:

  # Secrets for authentication using PAP
  # client
  server  secret                  IP addresses

Você deve colocar seu nome de usuário e senha, no meu caso da internet, para que ele fique assim:

  # Secrets for authentication using PAP
  # client
  server  secret                  IP addresses
  "usuário"  "senha"  "senha"

Agora você deve editar o arquivo /etc/options

Esse arquivo é o arquivo usado pelo pppd por padrão.

As principais opções que ele deve conter são:

  lock
  updetach 

(para ele mostrar o ip e dns que vc vai pegar do servidor)

  noipdefault 

(porque o meu ADSL tem ip dinâmico)

  usepeerdns 

(para ele pegar os endereços dos DNS quando conectar, nem sempre funciona, por isso vc pode ter q editar o /etc/resolv.conf e colocar os DNS's lah com a seguinte sintaxe: nameserver <ip do DNS>, sem <>) defaultroute (para fazer com que ao conectar, a conexão seja a padrão e seja "enxergada" por todo o linux. se vc digitar route deve aparecer lah o ppp0 como default)

Essas opções são as principais. As outras são opções do pppd. Nada que um bom man pppd não resolva.

Feitas essas configurações você pode tentar a conexão com o seguinte comando:

  pptp <ip do servidor> (no meu caso 10.0.0.138)

Ele deverá conectar. Para testar se está funcionando, basta digitar ifconfig e ver se apareceu uma nova interface chamada ppp0. Se apareceu é porque você está conectado e pronto pra navegar.

Bem é isso pessoal. Espero ter ajudado alguém com esse artigo/tutorial

Qualquer dúvida, me mande um e-mail.

  Giancarlo Razzolini
  lock@onda.com.br


Veja a relação completa dos artigos de Caio Souza Mendes

 

 

Opinião dos Leitores

Seja o primeiro a comentar este artigo
*Nome:
Email:
Me notifique sobre novos comentários nessa página
Oculte meu email
*Texto:
 
  Para publicar seu comentário, digite o código contido na imagem acima
 


Powered by Scriptsmill Comments Script